• Facebook Trote&Galope
  • Instagram Trote&Galope
  • Youtube Trote&Galope

© 2014 por TROTE & GALOPE e HELENO CLEMENTE PHOTOEQUESTRE

Todos os direitos reservados. Proibido reproduzir textos ou fotos sem autorização do autor. All rights reserved.

Buscar

COB muda critério de distribuição de verbas e Hipismo é o esporte mais atingido


A reformulação conduzida pelo COB - Comitê Olímpico Brasileiro, para os critérios de distribuição de recursos da Lei Agnelo/Piva às confederações brasileiras em 2017, levará a uma redução de quase metade da verba obtida por algumas entidades na comparação com este ano.

A confederação mais atingida com o corte de repasses foi a de hipismo, que recebeu R$ 4,4 milhões em 2016 e ganhará apenas R$ 2,3 milhões no próximo ano, uma redução de 47,7%.

Na sequência, aparecem as confederações de basquete (46,5%), tênis de mesa, ciclismo (ambas de 39,5%), handebol (38,6%) e triatlo (37,8%).

Para 2017, o COB passou a adotar 10 critérios para a divisão dos recursos, sendo nove ligados à área esportiva (como medalhas na última Olimpíada) e um de gestão.

Além do novo método de distribuição, a verba total repassada para as entidades, por meio da Lei Agnelo/Piva, em 2017 sofrerá uma pequena queda em relação ao montante deste ano, passando de R$ 131 milhões para R$ 126 milhões.

Abaixo, veja a verba que cada confederação/modalidade receberá em 2017 e a queda percentual dos repasses.

Hipismo: R$ 2,3 milhões (-47,7%) Basquete: R$ 2,3 milhões (-46,5%) Tênis de Mesa: R$ 2,3 milhões (-39,5%) Ciclismo: R$ 2,3 milhões (-39,5%) Handebol: R$ 2,7 milhões (-38,6%) Triatlo: R$ 2,3 milhões (-37,8%) Remo: R$ 2,3 milhões (-30,3%) Desportos Aquáticos: R$ 3,3 milhões (-26,6%) Taekwondo: R$ 1,8 milhão (-25%) Tiro Esportivo: R$ 2,7 milhões (-22,8%) Tênis: R$ 2,7 milhões (-18,2%) Atletismo: R$ 3,8 milhões (-15,5%) Ginástica: R$ 3,8 milhões (-15%) Vela: R$ 3,8 milhões (-15%) Boxe: R$ 3,3 milhões (-13,1%) Canoagem: R$ 3,3 milhões (-13,1%) Pentatlo Moderno: R$ 2,4 milhões (-7,7%) Judô: R$ 4,3 milhões (-4,4%) Vôlei: R$ 4,3 milhões (-4,4%) Rugby: R$ 2,3 milhões (-4,2%) Tiro com Arco: R$ 2,3 milhões (-4,2%) Esgrima: R$ 2,3 milhões (-4,2%) Hóquei sobre grama: R$ 2,3 milhões (-4,2%) Badminton: R$ 2,3 milhões (-3,2%) Lutas: R$ 2,7 milhões (—) Levantamento de peso: R$ 2,4 milhões (—) Golfe: R$ 2,3 milhões (—)

fonte: Clube do Hipismo / LANCEPRESS

#hipismo #COB

0 visualização