Buscar

Bonfim, na região central mineira, mantém tradição do carnaval a cavalo


Bonfim, região central de Minas Gerais (cerca de 80 quilômetros de Belo Horizonte), mantém a tradição da festa popular que resgata a história desse vilarejo de colonização portuguesa. É lá que a população de sete mil habitantes preserva - por gerações - o carnaval a cavalo. Mas, logicamente, a cidade também se orgulha de ter sua escola de samba.

O carnaval a cavalo tem origem na cavalhada, festa religiosa representativa da guerra entre mouros e cristãos. A cultura popular conta que, lá pelo ano de 1840, um bispo proibiu os festejos e causou revolta na comunidade. Então, alguns cavaleiros decidiram realizar a cavalhada em outra data não religiosa, iniciando assim o carnaval a cavalo.

Durante o carnaval dos dias atuais, as ruas são tomadas pelo desfile de cavalos conduzidos por moradores fantasiados, em meio a uma batalha de serpentinas. Há mais de 30 anos, o trajeto é o mesmo: passa por casarões antigos entre a Praça do Pirulito e a igreja matriz. Neste ano, os desfiles acontecem no domingo, segunda e na terça de carnaval (dias 26, 27 e 28/02). Para alegria dos "mais foliões", a escola de samba "Unidos Outros Vez" volta à avenida com energia dobrada, visto que não desfilou em 2016 por dificuldade financeira.

Carnaval a cavalo em Bonfim, na Região Central de Minas (foto/reprodução/TV Globo)

#carnavalacavalo #cavalhada

0 visualização
  • Facebook Trote&Galope
  • Instagram Trote&Galope
  • Youtube Trote&Galope

© 2014 por TROTE & GALOPE e HELENO CLEMENTE PHOTOEQUESTRE

Todos os direitos reservados. Proibido reproduzir textos ou fotos sem autorização do autor. All rights reserved.