• Facebook Trote&Galope
  • Instagram Trote&Galope
  • Youtube Trote&Galope

© 2014 por TROTE & GALOPE e HELENO CLEMENTE PHOTOEQUESTRE

Todos os direitos reservados. Proibido reproduzir textos ou fotos sem autorização do autor. All rights reserved.

Buscar

Top brasileiro Yuri Mansur emplaca em 6º com Babylotte, no GP5* na Alemanha


Fechando o 33º Concurso de Salto Internacional - CSI-W5* Stuttgart German Masters, na Alemanha no último domingo (19/11), o cavaleiro brasileiro Yuri Mansur (com Babylotte, em foto do arquivo Roger Slavsrot) comemorou um importante 6º lugar no GP World Qualifier Cup, a 1.60 metro, com cerca de 182 mil euros em premiação, incluindo um Mercedes-Benz GLE 350 para o vencedor.

O título de campeão ficou para o suíço Steve Guerdat - campeão olímpico 2012 - que, montando Hannah zerou o desempate, em 48s19. Dos 42 conjuntos que pisaram a arena do GP indoor de Stuttgart, 16 habilitaram-se ao desempate. Na 2ª e 3ª posição aparecem os tops olímpicos da Alemanha, respectivamente, Phillip Weishaupt com Asathir, sem faltas, 48s76, e Christian Ahlmann com Epleasuer van´t Heike, pista limpa, 49s13.O 4º posto ficou a alemã Simone Blum com DSP Alice, seguida pelo espanhol Eduardo Alvarez Aznar com Rokfeller de Pleville Bois Mar, ambos sem faltas, em 50s14 e 50s22. Também na casa dos 50 segundos, 50s96, Yuri e Babylotte cruzaram a linha de chegada sem faltas perante a arena indoor lotada em Stuttgart.

Yuri e Babylotte: conjunto em franca e constante ascensão

"Em princípio, parecia que teríamos poucos conjuntos no desempate e acabou ficando um pouco difícil ver a melhor estratégia. Tentei ir o mais rápido possível, dentro de uma margem de segurança. Esse foi o 6º GP5* que a Babylotte se classifica entre os seis primeiros e ainda fizemos uma boa pontuação para a Copa do Mundo. Então eu estou muito feliz!", destacou Yuri. "Também fui bem no GP de sábado, com Inferno, mas bobeei e ganhei 1 ponto por excesso. Babylotte também já esteve em um ponto muito bom no warm up do GP na quinta; nesse domingo deu tudo certo."

Conquistas

Ao longo da temporada 2017, Yuri obteve as seguintes classificações em GPs 5* (grau de dificuldade máximo) com Babylotte, sela holandesa de 11 anos e filha de Dollar du Murier em Concorde:

campeão em Hickstead, 4º em Hamburgo, na Alemanha, e Valence, França, 6º em Valkenswaard, Holanda, 5º em Ascona e, finalmente, 6ª em Stuttgart, Alemanha. Yuri e Babylotte também integraram a equipe do Brasil que conquistou inédito ouro no CSIO5* de Hickstead.

A partir de agora, Yuri só tem mais um compromisso na temporada 2017: essa semana, entre 22 e 25/11, no CSI-W 5* de Madrid. O brasileiro, integrante do Time Brasil nos Jogos Equestres Mundiais 2014, de 37 anos, está com sua base e competindo na Europa há cerca de três anos.

Atualmente, Yuri Mansur é o 3º melhor brasileiro no Ranking Longines da Federação Equestre Internacional, na 49ª posição (eventos atualizados até 31/10). Pedro Veniss que também esteve em Stuttgart e venceu a prova a 1.55 metro e 2º colocado na prova de velocidade a 1.45 no sábado (18/11), ocupa o 34º posto; Marlon Zanotelli, o 47º.

Em 2018, o desafio maior do hipismo brasileiro e mundial em todas as modalidades da Federação Equestre Internacional são os Jogos Equestres Mundiais que acontecem entre 11 e 23 de setembro, no Tryon International Equestrian Center, Carolina Norte (EUA).

Fonte: Assessoria de Imprensa CBH (foto /arquivo Roger Svalsrot )

#YuriMansur #GP5

0 visualização