• Facebook Trote&Galope
  • Instagram Trote&Galope
  • Youtube Trote&Galope

© 2014 por TROTE & GALOPE e HELENO CLEMENTE PHOTOEQUESTRE

Todos os direitos reservados. Proibido reproduzir textos ou fotos sem autorização do autor. All rights reserved.

Buscar

Pedro Veniss mantém bom desempenho e está a menos de 1 falta do líder dos Jogos Equestres Mundiais


JOGOS EQUESTRES MUNDIAIS - A segunda qualificativa individual e primeira passagem da Copa das Nações teve apenas cinco conjuntos sem faltas, entre um total de 122. Nesta sexta-feira (21/9), Pedro Veniss e Luiz Francisco de Azevedo voltam às pistas no Tryon Internacional Equestrian Center, EUA. A grande final individual será no domingo (23/9).

Pedro Veniss, com Quabri de I´Isle, está a menos de 1 falta do líder

Nessa quinta-feira (20/9), a difícil primeira passagem da Copa das Nações e segunda qualificativa individual da modalidade Salto agitou o Tryon International Equestrian Center, na Carolina do Norte (EUA). O melhor representante do Time Brasil foi a consagrada dupla olímpica Pedro Veniss com Quabri de I´Isle, com apenas uma falta, resultado que colocou o brasileiro, 2º colocado na prova de velocidade em 19/9, na 9ª colocação parcial computando apenas 4,17 pontos perdidos (pp), a menos de um derrube (equivalente a 4 pontos) do novo líder individual o italiano Lorenzo de Luca com Irenice Horta, que hoje fez pista limpa e segue com os 1,17 pp da primeira prova.

Luiz Francisco de Azevedo e Comic em belo salto

Dos 122 conjuntos, apenas cinco zeraram e 11 fizeram uma falta no percurso idealizado pelo irlandês Alan Wade. Em 2º lugar na contagem geral encontra-se o norte-americano McLain Ward com Clinta, 2,09 pp, seguido pelo sueco Peder Fredricson com H&M Christian K, 2,16 pp. O campeão olímpico de 2012 o suíço Steve Guedat montando Bianca, 1º colocado em 19/9, a exemplo de Pedro também ficou entre 11 conjuntos com apenas uma falta, passando a ocupar o 8º posto, com 4 pp.

Pedro Veniss com Quabri, um garanhão sela francês de 14 anos - conjunto que também disputou as Olimpíadas Rio 2016 e Jogos Equestres Mundiais 2014 emplacando em 5º lugar por equipes - vem de importante conquista no CSIO5* de Aachen na Alemanha, onde em 22/7 garantiu a 3ª colocação no GP Rolex, a 1.60 metro. Essa é a terceira participação consecutiva de Pedro, 35, em Jogos Equestres Mundiais.

O segundo melhor brasileiro foi Luiz Francisco de Azevedo, o Chiquinho, 33, filho caçula do medalhista olímpico Luiz Felipe de Azevedo, que montando Comic perdeu 13 pontos hoje e agora com 15,71 pp ficou entre os 60 melhores conjuntos individuais habilitados para o terceiro dia de competição.

Pedro Muylaert com Prince Royal Z MFS fechou com 23,54 pp e Yuri Mansur com Ibelle Ask, sua nova montaria há menos de três meses, com 27,19 pp, encerrando sua participação no Mundial. Na contagem geral entre 25 equipes, a Suíça lidera, 11,64 pp, seguida pelos EUA, 12,59 pp, e Alemanha, 18,09 pp. O Brasil é o 14º colocado.

Agenda

A final por equipes e terceira qualificativa individual acontece nesta sexta-feira (21/9). No sábado (22), é dia de descanso na modalidade Salto que tem sua decisão no encerramento dos Jogos no domingo (23), com participação dos 25 melhores.

Histórico brasileiro na competição

Com diversas importantes classificações, foi somente em 1998 - na terceira edição dos Jogos Equestres Mundiais de Roma - que o Brasil garantiu pódio: Rodrigo Pessoa montando Gandini Lianos, campeão mundial. Dessa vez, Rodrigo está nos Jogos na condição de técnico da Irlanda, mas pode voltar a defender o Brasil em Tóquio 2020. Por equipes, o Time Brasil foi 4º nos Jogos Equestres Mundiais 2010 em Lexington (EUA) e 1994 em Haia (Holanda), e chegou em 5º lugar nos Jogos de Roma (Itália) 1998 e Normandia (França) em 2014.

Na semana seguinte aos Jogos, Pedro Veniss e Pedro Muylaert, ambos radicados na Europa, participam do Concurso de Salto Internacional Indoor, entre 26 e 30/9, na Sociedade Hípica Paulista (SP).

fonte: Imprensa CBH (Carola May e Rute Araújo - fotos Luis Ruas)

#WEGTryon2018 #JogosEquestresMundiais #PedroVeniss

0 visualização