top of page
Buscar
  • Pedro Rebouças

8º Leilão Tarlim movimenta R$ 6 milhões

O potro Holofote da Tarlim foi o principal destaque do evento, tornando-se o macho mais valorizado da raça Mangalarga.


O Leilão Tarlim registrou marcas históricas em sua oitava edição (foto Keiny Andrade)
O Leilão Tarlim registrou marcas históricas em sua oitava edição (foto Keiny Andrade)

O 8º Leilão Tarlim Mangalarga, realizado nos dias 3 e 4 de março no Haras Tarlim, município de Jaguariúna (SP), deu uma clara demonstração da força do criatório e do excelente momento da raça Mangalarga. Afinal, o evento promovido pelo Haras Tarlim, com o tema “A arte de marchar”, proporcionou uma grande celebração aos investidores e criadores da raça Mangalarga, ao mesmo tempo em que movimentou uma receita total de cerca de R$ 6 milhões e alcançou uma série de marcas históricas.


A principal delas foi obtida pelo potro Holofote da Tarlim, que se tornou o macho mais valorizado da raça Mangalarga, com uma valorização total estimada em R$ 2.548.000,00, após ter 10% de seus direitos adquiridos pelo criador Milton José de Lima.

A jovem doadora Aurora da Piratininga tornou-se a segunda fêmea mais valorizada da raça Mangalarga (foto Julio Oliveira)
A jovem doadora Aurora da Piratininga tornou-se a segunda fêmea mais valorizada da raça Mangalarga (foto Julio Oliveira)

Já a jovem doadora Aurora da Piratininga foi protagonista de outro momento histórico do evento, ao tornar-se a segunda fêmea mais valorizada da raça Mangalarga. Afinal, a alazã alcançou uma valorização total de R$ 1.476.800,00, após ter 50% de seus direitos adquiridos pelo grupo de investidores composto por Anatazio Porte da Silva, Cesar Augusto Freitas, Erik Cavalheri, Ricardo Braga e Tereza Cristina Bauch Sanner Cristofoletti.


“A cada ano, nos esmeramos para proporcionar aos nossos amigos e convidados uma experiência única e memorável. Nesta edição, escolhemos como tema a arte de marchar, justamente porque a marcha é a característica que distingue o Mangalarga de todos os outros equinos do mundo. O resultado foi excelente com o Mangalarga, mostrando porque é considerado a moeda forte da pecuária seletiva nacional”, explica Fernando Tardioli Lúcio de Lima, titular do Haras Tarlim.

Tecnologia e pioneirismo

O criador ressalta ainda a importância das inovações tecnológicas para o êxito do trabalho realizado no criatório. “Acasalar indivíduos para potencializar suas qualidades é o desafio que vencemos a cada nova geração. Ao desvendar os segredos dessa alquimia, buscamos dominar a arte de marchar e, quanto mais utilizamos a tecnologia nesse processo, melhor é a nossa capacidade de predição e maiores são os acertos e, consequentemente, o retorno de quem investe na genética Tarlim.”


Ao longo dos seus dois dias de atividades, o 8º Leilão Tarlim ofereceu ao público uma série de atrações. O primeiro dia de programação, a sexta-feira (3/3), incluiu a oferta de embriões selecionados, a venda de 25% do garanhão chefe do haras Luar do HIC e a já mencionada venda de 50% da segunda fêmea mais valorizada da raça: Aurora da Piratininga. Além disso, o evento reservou um momento para apresentar uma amostra do ousado projeto pecuário desenvolvido pela Tarlim no coração do Mato Grosso do Sul, com a negociação de cinco bezerras da raça Nelore, que alcançaram uma valorização média de R$ 218.400,00 após a venda de 50% de seus direitos individuais. Por fim, um show da dupla Vini e Lucas animou a noite do público presente no Haras Tarlim.


O maestro João Carlos Martins e o anfitrião Fernando Tardioli durante o 8º Leilão Tarlim (foto Keiny Andrade)
O maestro João Carlos Martins e o anfitrião Fernando Tardioli durante o 8º Leilão Tarlim (foto Keiny Andrade)

Já o segundo dia de programação, sábado (4/3), foi aberto com o talento do maestro João Carlos Martins, que proporcionou aos presentes uma emocionante apresentação. O público, além disso, pôde conferir o lançamento da loja da marca Tarlim Store, antes que as principais estrelas do plantel do Haras Tarlim adentrassem à pista deste que já é considerado o leilão ininterrupto mais tradicional da raça Mangalarga. Para fechar o evento em grande estilo, a comunidade mangalarguista conferiu um animado show da dupla Edson e Hudson, celebrando o êxito do remate.


Vale destacar ainda que o Leilão Tarlim, conhecido por seu pioneirismo e inovação, teve sua identidade visual desenvolvida a partir de um inovador trabalho de inteligência artificial. Além disso, o evento também foi palco do lançamento de um serviço inédito da Pago Livre, empresa parceira Tarlim, que proporciona uma série de comodidades, a exemplo, do fim dos boletos bancários, com o pagamento recorrente, sem tomar o limite do cartão de crédito.


Realizado pela Programa Leilões, o 8º Leilão Tarlim contou com transmissão do Terraviva, retransmissão da Remate Web, assessoria de marketing da agência Rurally, além da condução dos leiloeiros rurais Guillermo Sanchez e João Gabriel.

Para obter mais informações sobre o trabalho realizado pelo Haras Tarlim, siga a página @tarlim_mangalarga no Instagram ou visite o portal oficial do criatório: www.tarlim.com.br.


fonte: Assessoria de Imprensa (Pedro C. Rebouças)


11 visualizações

Comments


bottom of page