Buscar
  • Carola May

"Arrisquei tudo e deu certo", Raphael Machado Leite, campeão do GP Clássico Haras Umburanas, no CHSA

Concurso Nacional de Saltos 4* D Maio no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo, bateu recorde de inscrições no período pós pandemia. Raphael Leite venceu a principal disputa com Hilde Império Egípcio; na véspera, Renato Junqueira faturou a Copa Ouro Haras Rosa Mystica, com Zarabatana 3K Império Egípcio.


Raphael Machado Leite e Hilde Império Egípcio a caminho da vitória (Luis Ruas)
Raphael Machado Leite e Hilde Império Egípcio a caminho da vitória (foto Luis Ruas)


O campeão Raphael Machado Leite e Hilde Império Egípcio (Luis Ruas)
O campeão Raphael Machado Leite e Hilde Império Egípcio (foto Luis Ruas)

Fechando o Concurso de Salto Nacional 4* CSN D Maio no Clube Hípico de Santo Amaro, que bateu recorde com mais 1,9 mil participações ao longo de cinco dias, o GP/Clássico Haras Umburanas, a 1.45/1.50m, fechou a competição nesse domingo (22/5). Estiveram em pista, 69 conjuntos e os melhores 25% habilitaram-se para a 2ª e decisiva volta com R$ 100 mil em jogo. Último em pista, o cavaleiro top Raphael Machado Leite montando Hilde Império Egípcio, experiente sela belga em plena forma aos 15 anos, garantiu a vitória em um percurso de tirar o folego, fechando com duplo zero, em 40s41.


Guilherme Foroni com Chelsea JMen: dupla vice-campeã (Luis Ruas)
Guilherme Foroni com Chelsea JMen: dupla vice-campeã (Luis Ruas)

Ao todo, oito conjuntos zeraram os dois percursos idealizados por Gabriel Malfatti com a liderança mudando de mãos em mãos, mostrando alto nível técnico. Sagrou-se vice-campeão, o cavaleiro da casa Guilherme Foroni com sua Chelsea JMen, BH de 11 anos, que zerou na mesma casa decimal do campeão, 40s87. Também com atuação perfeita, duplo zero em 41s44, o cavaleiro olímpico Doda Miranda com sua nova montaria DTC Princess de Revel, BH de 15 anos, emplacou em 3º lugar.


Doda Miranda com Princess de Revel: 3º colocado (Luis Ruas)
Doda Miranda com Princess de Revel: 3º colocado (Luis Ruas)

Bastante emocionado, o campeão Raphael Leite, 36, paraibano que defende São Paulo e integrante do time do Haras Império Egípcio, comentou o resultado com Hilde Império Egípcio, com a qual arrematou o título brasileiro da categoria senior em 2021. "Foi um resultado muito importante. Difícil até de acreditar, a prova estava muito rápida. Arrisquei tudo, minha égua é muito rápida e já me deu muitas alegrias, é uma velocista. É isso, dessa vez, deu tudo certo e estou muito feliz com a vitória."


De fato para o Haras Império Egípcio, com polo de criação em Cotia e time de cavaleiros em atividade no Brasil e Exterior, o final de semana foi perfeito, uma vez que no sábado (21/5), Renato Junqueira Arantes montando Zarabatana 3K venceu a Copa Ouro Haras Rosa Mystica, segunda competição mais concorrida do evento.

Campeão Raphael Machado Leite / Hilde Império Egípcio - FPH - 0/0 - 0/40s41 Vice Guilherme Foroni / Chelsea JMen - FPH - 0/0 - 0/40s87 Doda de Miranda / DTC Princess de Revel - FPH - 0/0 - 0/41s44 Luciana Camargo / Cayanna B JMen II - FPH - 0/0 - 0/41s65 Artemus de Almeida / Dubruc JMen Botupharma - FPH - 0/0 - 0/42s26 Pedro Paulo Cordeiro / Cornita - FPH - 0/0 - 0/42s68


Comemoração no pódio do Clássico Haras Umburanas (Luis Ruas)
Comemoração no pódio do Clássico Haras Umburanas (Luis Ruas)


fonte: Imprensa CBH (Carola May)

1 visualização0 comentário