Buscar

Brasileiro e Internacional de Concurso Completo teve dobradinha de Ricky Candy nas séries 3* e 2*

Atualizado: 16 de set. de 2021

Forte participação de jovens talentos e amadores ao lado de renomados ginetes olímpicos e pan-americanos marcou o evento no Clube Hípico de Santo Amaro (SP), que em 2020 retomou eventos da modalidade após um hiato de 30 anos e se firma como novo grande polo do Concurso Completo de Equitação.


Ricky Candy com Nice: campeão brasileiro senior - série 3* (Duílio Andrade)
Ricky Candy com Nice: campeão brasileiro senior - série 3* (Duílio Andrade)

Entre 8 e 12/9, o Clube Hípico de Santo Amaro, na zona sul da capital paulista, foi palco do Campeonato Brasileiro e Internacional de Concurso Completo de Equitação. Além das provas válidas pelo Campeonato Brasileiro, as disputas também computaram pontos pelos ranking da Confederação Brasileira de Hpismo (CBH), Associação Brasileira de Hipismo Rural (ABHIR), Federação Paulista de Hipismo (FPH) e Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo de Hipismo (ABCCH) e Copa Santo Amaro. De fato, a retomada do Concurso Completo de Equitação - que reúne as modalidades Adestramento, Cross Country e Salto - no Clube, que foi palco da modalidade no Pan 1963 em São Paulo e, em 2020, após uma hiato de 30 anos voltou a realizar provas da modalidade - veio para ficar e, dessa vez, incluindo provas Internacionais de nível 3* e 2*.


Participaram da competição 73 conjuntos: 5 a 0.50m, 14 a 0.70m, 25 a 0.90m, 12 na serie 1* - 1m, 10 no Internacional 2* e 6 no Internacional 3*, definindo campeões brasileiros nas categorias senior, amadores, jovens talentos em suas subdivisões e cavalos novos. Destaque para a forte participação do Centro Hípico Guega, de Riberão Preto, do cavaleiro olímpico e medalhista pan-americano Serguei Fofanoff, grande responsável pela forte participação da nova geração da modalidade, incluindo seus três filhos que subiram ao pódio, as campeãs mini-mirins e outras tantas revelações.


Na categoria Senior 3*, sagrou-se campeão brasileiro Ricky Candi, 39, montando Nice, de 11 anos. De quebra, Ricky, cavaleiro da casa e que também treina na Hípica Parque Atibaia, foi campeão da série Internacional 2*, dessa feita, montando Destaque JT.


"O Concurso Completo é uma das modalidades mais exigentes: é preciso ter um cavalo bem condicionado, submisso, bem musculado e bom fôlego para conseguir fazer bem adestramento, galopar no cross e chegar com leveza e potência no salto. Trabalho bastante em casa, fazer tudo bonito e resultado chega. Eu venho para Santo Amaro, faço aula de adestramento, treino o salto. Graças ao empenho do Leo Fernandes, diretor do CHSA e organizador do Concurso, e Alexandre Leonor, presidente, a estrutura do cross country está cada vez melhor", destacou Ricky, 39, que em 2019 treinou na Inglaterra com o renomado treinador Mark Todd. "Meus dois cavalos pularam super bem, eu tenho uma égua espetacular (a Nice), a gente vem trabalhando desde os seis anos e agora ela está fazendo 11. Acho que agora ela está pronta para desafios maiores, competições mais exigentes, quero logo qualificar ela em um 3 estrelas longo, pensando em um Sul-americano e Pan-americano, e quem sabe mais para frente a gente sonhe mais alto também."


Marcio com Nektar: vencedor na classificação geral da série 1*
Marcio com Nektar: vencedor na classificação geral da série 1*

Dois integrantes do Time Brasil de Concurso Completo em Tóquio participaram da competição: Marcelo Tosi, vice-campeão Senior, com Briefing DBZ e Marcio Appel, que montando Nektar foi vencedor da série 1* estrela e com John John JT foi vice-campeão na série cavalos novos 4 anos. Também estiveram a postos os olímpicos Gustavo Pagoto e Cel Jeferson Sgnaolin Moreira, ambos competindo com cavalos em formação.


"É muito bom voltar para casa no Clube Hípico de Santo Amaro, ser recebido pelos amigos, encontrar a turma do Concurso Completo em um evento tão legal. Agora o Clube voltou a sediar um Brasileiro, um campeonato Internacional. Eu, agora, estou participando com os cavalos novos e tive a oportunidade de fazer a prova de 4 anos e o Internacional 1*. Nektar é uma égua que eu criei e foi nossa primeira prova de 1 estrela. Tivemos um excelente resultado, fechamos com apenas 24 pontos. Terminamos em 1º, estou bem feliz, acho que é uma égua com bastante futuro na modalidade", comemorou Marcio.


"Agora é um novo ciclo, acabei aposentando o Iberon, depois de Tóquio, também aposentei minha égua PP Tarca, então agora é pensar em novos cavalos. Não é fácil achar substitutos à altura. Vou tentar buscar mais alguns cavalos, o ciclo olímpico é curto, temos menos de três anos para Paris, vou correr para ter um cavalo substituto e tentar integrar a equipe", acrescentou o cavaleiro que deixou um recado para novos adeptos. "Tivemos crianças participando, uma prova tranquila, sem nenhum acidente, uma prova gostosa, ainda mais aqui nesse clube maravilhoso na capital paulista. Acho que as pessoas deveriam aderir mais com seus cavalos de Salto e Adestramento e ver que somos como uma grande família. Saí do Salto e vim para o Concurso Completo, fui picado e me apaixonei. Acho que muitos outros podem se apaixonar e participar dessa modalidade tão divertida e emocionante."

Senior - Internacional CCI3*-S - 6 conjuntos Campeão Ricky Candi / Nice - FPH/BRA -43 pontos Vice Marcelo Tosi / Briefing DB Z - FPH/BRA -46 pontos Serguei Fofanoff / Forever - FPH/BRA -50,2 pontos


Ricky com Destaque JT em ação no início do percurso de cross
Ricky com Destaque JT em ação no início do percurso de cross

Internacional 2* - 10 conjuntos (não vale pelo Campeonato Brasileiro) Campeão Ricky Candi / Destaque JT - FPH -33,7 pontos Vice Cap Pedro Henrique de Resende Nunes / Uruguai do Rincão - CDE -44,2 pontos Cap PM Rafael Silva Gouveia / IZ Mogno - PMESP -50,2 pontos


Série 1* - 12 conjuntos (não vale pelo Campeonato Brasileiro) Campeão Marcio Appel Cheuiche / Nektar - FPH -23,5 pontos Vice Cel Jeferson Sgnaolin Moreira / Alcapone do Rincão - CDE -30 pontos Bruno Uliana Pogi / Shakira Inpusparquet - FPH -33,6 pontos


Bruno Uliana Pogi com Shakira Indusparquet: campeão brasileiro Amador Top - série 1*
Bruno Uliana Pogi com Shakira Indusparquet: campeão brasileiro Amador Top - série 1*

Amador Top Série 1* - 7 conjuntos

Campeão Bruno Uliana Pogi / Shakira Indusparquet - FPH -33,6 pontos Vice Beatriz Senra Casimiro / Graúna Itapuã - FPH -36,1 pontos 1º Ten PM Talita Lemos Rodrigues /Iz Letivo - PMESP -38,3 pontos


Jovem Cavaleiro Top - 1 conjunto 1º Sophie Fröhlich Archangelo / Duble - FPH - 47,1 pontos


Campeão Daniel Daidju Izu / Erótica do Areter - FPH -35 pontos Vice Lais Robattini / Picasso - FPH -42,7 pontos 3º Cap Arlison Andrade do Vale - CDe -44 pontos
Campeão Daniel Daidju Izu / Erótica do Areter - FPH -35 pontos Vice Lais Robattini / Picasso - FPH -42,7 pontos 3º Cap Arlison Andrade do Vale - CDe -44 pontos

0.90 metro - Amador - 7 conjuntos Campeão Daniel Daidju Izu / Erótica do Areter - FPH -35 pontos Vice Lais Robattini / Picasso - FPH -42,7 pontos Cap Arlison Andrade do Vale - CDe -44 pontos


Campeão Gabriel Elmor Tavares / Bergo - FPH -35,5 pontos Vice Sophia Manhani Incerpi / Natural - FPH -36,1 pontos 3º Livia Inagaki / Horse Love - FPH -39,7 pontos
Campeão Gabriel Elmor Tavares / Bergo - FPH -35,5 pontos Vice Sophia Manhani Incerpi / Natural - FPH -36,1 pontos 3º Livia Inagaki / Horse Love - FPH -39,7 pontos

0.90 metro - Jovem Cavaleiro - 3 conjuntos Campeão Gabriel Elmor Tavares / Bergo - FPH -35,5 pontos Vice Sophia Manhani Incerpi / Natural - FPH -36,1 pontos Livia Inagaki / Horse Love - FPH -39,7 pontos


Campeão Rafael Spagnol Martins / Carrano da Essencia - FPH -31,4 pontos Vice Enrico Marchezzi Fofanoff / Barbara TW - FPH -31,6 pontos 3º Valentina Ambrosio Fernandes / Euler do Guega - FPH -37,7 pontos
Campeão Rafael Spagnol Martins / Carrano da Essencia - FPH -31,4 pontos Vice Enrico Marchezzi Fofanoff / Barbara TW - FPH -31,6 pontos 3º Valentina Ambrosio Fernandes / Euler do Guega - FPH -37,7 pontos

0.90m Mirim - 5 conjuntos Campeão Rafael Spagnol Martins / Carrano da Essencia - FPH -31,4 pontos Vice Enrico Marchezzi Fofanoff / Barbara TW - FPH -31,6 pontos Valentina Ambrosio Fernandes / Euler do Guega - FPH -37,7 pontos


0.70m Amador - 1 conjunto Campeão Eduardo Borba / Leg-Bye - FPH -57 pontos


0.70m Jovem Cavaleiro - 2 conjuntos Campeã Ingrid Prioste / Cadillac D´Olympo - FPH -27,2 pontos


Valentina Marchezzi Fofanoff  com Paiacan: campeã brasileira pré-mirim
Valentina Marchezzi Fofanoff com Paiacan: campeã brasileira pré-mirim
Campeã Valentina Marchezzi Fofanoff / Paiacan - FPH -28,1 pontos Vice Lorena Campos Balbo / Fuvi do Guega - FPH -46,8 pontos 3º Giovana Marchezzi Fofanoff / Paicana - FPH -66,8 pontos
Campeã Valentina Marchezzi Fofanoff / Paiacan - FPH -28,1 pontos Vice Lorena Campos Balbo / Fuvi do Guega - FPH -46,8 pontos 3º Giovana Marchezzi Fofanoff / Paicana - FPH -66,8 pontos

0.70m Pré-mirim - 4 conjuntos Campeã Valentina Marchezzi Fofanoff / Paiacan - FPH -28,1 pontos Vice Lorena Campos Balbo / Fuvi do Guega - FPH -46,8 pontos Giovana Marchezzi Fofanoff / Paicana - FPH -66,8 pontos


0.50m Mini-mirim - 2 conjuntos Campeã Maria Eduarda Salata Nicoluzzi / Virna - FPH -31,9 pontos Vice Luísa Lyra Guapo / Iceberg - FPH -74,1 pontos


0.50m Base - 2 conjuntos Campeã Juliana Silva de Almeida / Lord Valiant - FPH - 27,5 pontos Vice Ana Luisa Ribeiro Approbato / Gaivota - FPH -30,3 pontos


Cavalos Novos 6 anos - 2* - 2 conjuntos Campeão Cap PM Rafael Silva Gouveia / IZ Mogno - PMESP -50,2 pontos


Cavalos Novos 5 anos - 1* - 1 conjunto Cel Jeferson Sgnaolin Moreira / Alcapone do Rincão


Cavalos Novos 4 anos - 0.90m - 6 conjuntos Campeão Major Vinicius Albano Almeida Leal / Kalifa da Vista - CDE -32,2 pontos Vice Marcio Appel / John John JT - FPH -35,6 pontos Cap Pedro Henrique de Resende Nunes / Brigador do Rincão - CDE -38,0 pontos


Resultado completo



fonte: Imprensa CBH (Carola May / fotos: Duílio Andrade e C. May)

10 visualizações0 comentário