Buscar
  • Pedro Rebouças

Puro Sangue Lusitano elege os Grandes Campeões de 2022

A égua Lidadora do Vouga foi o principal destaque dos julgamentos da quadragésima edição da mais importante mostra da raça nas Américas.

Lidadora do Vouga conquistou o título de Campeã dos Campeões (Foto Ney Messi)
Lidadora do Vouga conquistou o título de Campeã dos Campeões (foto Ney Messi)

A 40ª Exposição Internacional do Cavalo Puro Sangue Lusitano viveu, na noite do sábado (21/5), no Sociedade Hípica Paulista, em São Paulo (SP), momentos de grande emoção quando a raça conheceu os seus novos Grandes Campeões e, em especial, o Campeão dos Campeões de 2022.

O título mais cobiçado do evento foi conquistado pela égua Lidadora do Vouga (Viheste em Crema do Mito), proveniente da seleção da Coudelaria Rocas do Vouga. Em sua brilhante participação no evento, a bela fêmea de pelagem baia primeiro venceu a categoria de éguas adultas, depois sagrou-se Grande Campeã Fêmea Adulta e Grande Campeã Fêmea, até conquistar o prêmio máximo de Campeã dos Campeões.


Na disputa final, Lidadora venceu outro animal com participação destacada no evento, o potro Príncipe do Castanheiro (Escorial em Lua HM), selecionado pela Coudelaria do Castanheiro e exposto pela mesma em parceria com o criatório norte-americano Sons of the Wind. Afinal, o jovem animal também de pelagem baia acumulou premiações ao longo da mostra, sagrando-se campeão da concorrida categoria de machos de três anos hípicos, Grande Campeão Macho Jovem e Grande Campeão Macho.


O Concurso de Modelo e Andamentos consagrou ainda o Grande Campeão Macho Adulto Nativo do Drosa (Escorial em Jamaica do Drosa), criado e exposto pelo Haras do Drosa, e a Grande Campeã Fêmea Jovem Platina dos Pinhais (Caruso dos Pinhais em Flor dos Pinhais), proveniente da seleção da Coudelaria Alegria dos Pinhais.

Qualidade em pista

Na avaliação do juiz português Tiago João da Silva Gomes, responsável pela condução dos julgamentos da exposição, o evento comprovou a elevada qualidade da seleção brasileira da raça Lusitana. “Para mim, foi uma honra terem me convidado para participar desta festa, pois este foi um festival muito bem organizado e com um nível de animais muito bom. Aliás, já não é fácil encontrar concursos com este nível de animais, por isso estão de parabéns a criação brasileira, a Associação e a organização do evento.”


Por sua vez, o presidente da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Puro Sangue Lusitano (ABPSL), Ismael Gonçalves da Silva, destacou que a 40ª Exposição Internacional foi um grande sucesso. “A Hípica Paulista é um lugar maravilhoso, que agrega muitas pessoas, prova disso é que tivemos um público muito grande, em especial nas noites de sexta e de sábado, nas quais cerca de mil pessoas passaram pelas nossas instalações.”


O dirigente ressaltou ainda a elevada qualidade observada na pista da Sociedade Hípica Paulista. “O plantel brasileiro mostrou nesta exposição por que é respeitado no mundo inteiro, afinal tivemos a participação de exemplares de qualidade excepcional, que proporcionaram um belo espetáculo aos visitantes que vieram de diversas partes do país, assim como de países como Colômbia, Portugal, Estados Unidos, Bélgica e Chile.”


Comandada pelo criador Manuel Tavares de Almeida Filho, a Coudelaria Rocas do Vouga conquistou, por sua vez, os títulos de Melhor Expositor e Melhor Criador da 40ª Exposição Internacional.


Para obter mais informações sobre o cavalo Puro Sangue Lusitano, acompanhe as páginas oficiais da ABPSL no Facebook e no Instagram ou visite o portal oficial da raça: www.associacaolusitano.com.br.

fonte: Assessoria de Imprensa (Pedro C. Rebouças)



89 visualizações0 comentário