top of page
Buscar

Stephan Barcha ingressa no hall dos campeões do GP Troféu Roberto Marinho

Disputa fechou o Internacional e Nacional em comemoração aos 84 anos da Sociedade Hípica Brasileira. Stephan, atual bicampeão brasileiro e campeão sul-americano, agora se prepara para uma temporada no Exterior, visando ao ciclo olímpico Paris 2024. Sagrou-se vice-campeã do GP amazona Luciana Lossio.


O campeão Stephan e Hex-Lup a caminho da vitória no GP Troféu Roberto Marinho (Luis Ruas)
O campeão Stephan e Hex-Lup a caminho da vitória no GP Troféu Roberto Marinho (Luis Ruas)

Nesse domingo (27/11), o GP Troféu Roberto Marinho fechou com chave de ouro o Concurso Internacional e Nacional do 84º Aniversário da Sociedade Hípica Brasileira, no Rio de Janeiro. Montando Chevaux Hex Lup, o cavaleiro olímpico Stephan Barcha inscreveu seu nome no hall dos campeões do cobiçado GP Troféu Roberto Marinho, único título nos GPs do circuito nacional que faltava ao bicampeão brasileiro senior top 2021/2022 (rendimento máximo) e do ranking brasileiro senior top 2022, campeão por equipes e vice sul-americano 2022.


Largaram no GP, a 1.45m, 66 conjuntos top nacionais dentre os quais os 16 melhores - 10 sem faltas, dois com apenas 1 ponto por excesso de tempo e quatro com apenas um derrube - habilitaram-se para a 2ª e decisiva volta perante casa cheia na tradicional e mais charmosa entidade do hipismo brasileiro. Último a entrar, Stephan e Hex Lup levantaram a torcida e, voando em pista, garantiram o título com percurso limpo, em 49s04.


"É mundo de emoções: todo mundo sabe, sou carioca e cresci aqui na Hípica. Já bati na trave três vezes, foi um dia muito especial, de emoção, de disputa leal, velocidade. Foi como tinha que ser: espetacular.", comemorou Stephan, 33, carioca que está defendendo Brasília. Stephan não sabe ao certo quantas foram as vitórias com Hex Lup, ao longo da temporada.


"Entre Clássicos e provas, seguramente mais de 10, o Hex Lup realmente é muito especial", garantiu o campeão, referindo-se ao seu cavalo Brasileiro de Hipismo, de 13 anos. Stephan, que confirmou a vitória no ranking brasileiro senior top 2022 no GP Internacional BTG em 25/11, embarca para Europa no próximo ano, levando sua principal montaria Chevaux Primavera Montana Império Egípcio, visando ao ciclo olímpico até Paris 2024.


Luciana Lossio e Lady Louise: dupla vice-campeã (Luis Ruas)
Luciana Lossio e Lady Louise: dupla vice-campeã (Luis Ruas)

Quem chegou mais perto foi a amazona top Luciana Lossio, que em 2021 venceu o ranking brasileiro senior top, montando Lady Louise JMen com duplo zero, em 50s11, por Brasília. Em 3º lugar chegou Lucio Osório com Quastina, dois percursos limpos, 51s00, por São Paulo.


Lucio Osório e Quastina emplacaram em 3º lugar (Luis Ruas)
Lucio Osório e Quastina emplacaram em 3º lugar (Luis Ruas)

Stephanie Macieira e Rasputin JMen honrando as cores da casa (Luis Ruas)
Stephanie Macieira e Rasputin JMen honrando as cores da casa (Luis Ruas)

Pelas cores da casa, Stephanie Macieira com Rasputin JMen comemorou o 4º posto, com duplo zero, em 52s69. Na 5ª colocação aparece o jovem talento mineiro André Moura com Henessy M, que também fechou sem faltas, em 55s17. Completando o placar, na 6ª colocação aparece Thiago Mattos montando Hermes do Santo Antonio, com apenas 1 ponto por excesso no 1º percurso e pista limpa no 2º.


André Moura e Henessy M: 5º colocado (Luis Ruas)
André Moura e Henessy M: 5º colocado (Luis Ruas)

O GP Troféu Roberto Marinho, que chegou à sua 34ª edição, distribuiu R$ 123,6 mil em premiação, mas havia um título em jogo: do Grand Slam SHB, valendo um VW Nivus O km oferecido pelo Grupo AB Abolição. O Grand Slam foi disputado em três etapas: no CSN Santa Cecilia & Santo Antônio em junho, Copa Sabemi em setembro e agora, fechando no 84º Aniversário da prestigiada casa.


Nessa terceira e última etapa, o título do Grand Slam ficou entre Lucio Osório que assumiu a liderança após as três outras provas válidas pelo circuito, colocando pressão em Stephan, líder após a 2ª etapa. Com a vitória, Stephan reassumiu a liderança e saiu motorizado com VW Nivus. "Não fui muito bem aqui nas duas provas a 1.35m, então deu uma emoção a mais porque o Lucio assumiu a vantagem e, ao final, foi por pouco, mas valeu."

Balanço

Antonio Mello, presidente da Sociedade Hípica Brasileira, comemorou o sucesso do evento. "Missão cumprida nesses 84 anos da Sociedade Hípica Brasileira. Acho que realizamos uma bela festa, tanto do ponto de vista esportivo como social. As pessoas gostaram muito da competição e tanto o Internacional, Nacional quanto o Ranking tiveram altíssimo nível. Na parte social, contamos com gente do Brasil inteiro, sócios da Hípica e festas de congraçamento que fizemos à noite", avaliou Mello, que após vários anos morando no Exterior voltou ao Rio de Janeiro, sua cidade natal, em 2014.


Antonio Mello, presidente da SHB, premia o campeão Stephan Barcha (Luis Ruas)
Antonio Mello, presidente da SHB, premia o campeão Stephan Barcha (Luis Ruas)

"Comecei a montar já mais velho, aos 40 anos, quando levava minha filha para montar em um clube na França. Fizeram um dia de experiência para os pais: aí nasceu a paixão e comecei a montar. Comprei meu primeiro cavalo na Argentina e depois voltei ao Brasil, em dezembro de 2014. Entramos aqui na Hípica que é uma joia do Rio de Janeiro. Toda minha família, filhas e esposa também estão envolvidas com o esporte."


GP Troféu Roberto Marinho Campeão Stephan Barcha / Chevaux Hex Lup - FHBR - 0/0 - 0/49s04 Vice Luciana Lossio / Lady Louise JMen - FHBR - 0/0 - 0/50s11 3º Lucio Osório / Quastina - FPH - 0/0 - FPH - 0/0 - 0/51s00 4º Stephanie Macieira / Rasputin JMen - FEERJ - 0/0 - 0/52s69 5º André Fonseca Moura / Henessy M - FHMG - 0/0 - 0/55s17 6º Thiago Mattos / Hermes do Santo Antonio - FEERJ - 1/0 - 1/63s69

Os 34 campeões do GP Troféu Roberto Marinho

1988 Fabio Leivas da Costa 1989 Major Claudio Guedes 1990 Fabio Leivas da Costa 1991 Vitor Alves Teixeira 1992 Luiz Guilherme Ciampi 1993 Elizabeth Menezes Assaf 1994 Luciano Blessmann 1995 Luiz Felipe de Azevedo 1996 Doda Miranda 1997 João Malik Aragão 1998 Bernardo Alves 1999 Pedro Paulo Lacerda 2000 Vitor Alves Teixeira 2001 Rodrigo Ulmann Lima 2002 Rodrigo Ulmann Lima 2003 Camila Mazza Benedicto 2004 Rodrigo Sarmento 2005 João Eduardo Ferreira Carvalho 2006 André Miranda 2007 Loisse Garcia 2008 Felipe Amaral 2009 Karina Johannpeter 2010 Luiz Felipe de Azevedo Filho 2011 Luiz Francisco de Azevedo 2012 Rodrigo Sarmento 2013 Giulia Scampini 2014 Francisco Musa 2015 Pedro Paulo Lacerda 2016 Fabio Sarti 2017 Rafael Rodrigues Isasa 2018 Lucio Osório 2019 Marcello Ciavaglia 2020 José Roberto Reynoso Fernandez Filho 2021 Luiz Felipe Pimenta Alves 2022 Stephan Barcha


Resultado completo: www.shb.com.br



fonte: Informações para imprensa (Carola May / Natasha Simonato)

3 visualizações0 comentário
bottom of page