Buscar

Vetnil promove live para abordar a ciência como base no treinamento de cavalos


Para se aprofundar no assunto, o Veterinário e Gerente Regional Minas Gerais da Vetnil, Frederico Cardoso,  conversará com o Médico Veterinário Cristiano Jayme.


Dando continuidade à série de lives promovidas durante a quarentena, a Vetnil promove nesta quinta-feira (28/5, a partir das 18h), em seu Instagram @vetniloficial, um bate-papo com o médico veterinário Cristiano Gonzaga Jayme sobre o tema "Ciência como base no treinamento de cavalos".


Cristiano Jayme, além da formação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), é especialista em nutrição animal e também possui mestrado e doutorado em Zootecnia, pela UFMG. Entre as diversas funções que ocupa, ele é Inspetor Zootécnico e Juiz Oficial de algumas associações de raça, tais como: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Appaloosa (ABCCAppaloosa), Associação Brasileira de Criadores de Paint Horse (ABCPaint) e Associação Brasileira do Quarto de Milha (ABQM). Ele é ainda Juiz Mundial da National Reinning Horse Association (NRHA), Juiz Oficial da Associação Nacional do Cavalo de Rédeas (ANCR) e da American Quarter Horse Association (AQHA).

Ciência como base no treinamento de cavalos

Cristiano Jayme separou os assuntos que serão abordados sobre a "ciência como base no treinamento de cavalos" em, basicamente, quatro tópicos.

Em primeiro lugar, fazendo uso da sua base técnica, ele falará sobre a Connect Horse e o motivo de usar a ciência para sua atuação como veterinário/treinador, abordando o acesso à informação, quebra de paradigmas e mudanças culturais.


Outro ponto é sobre a vulnerabilidade de veterinários a acidentes, devido ao pouco conhecimento sobre o comportamento de animais no geral. E, ainda, mencionará a importância do uso do cavalo nas escolas de veterinária.


No terceiro tópico, abordará o uso do critério científico que gera muitos mitos, como por exemplo, a idade ideal para montar a cavalo, o uso de embocaduras, entre outros. "Não devemos confundir romance com ciência", lembra Cristiano.

Além disso, tratará também das qualidades que um bom profissional precisa ter para se diferenciar no mercado, que se resumem em equilíbrio e o saber aplicar a ciência de forma prática.

fonte: Verônica Formigoni (Informações à Imprensa) 

0 visualização
  • Facebook Trote&Galope
  • Instagram Trote&Galope
  • Youtube Trote&Galope

© 2014 por TROTE & GALOPE e HELENO CLEMENTE PHOTOEQUESTRE

Todos os direitos reservados. Proibido reproduzir textos ou fotos sem autorização do autor. All rights reserved.