Buscar

Equitana teve público acima de 200 mil; brasileiros marcaram presença maciça.


A última edição da Equitana, maior feira equestre mundial, realizada entre 18 e 26/03 em Essen, Alemanha, contou com uma avaliação super positiva, confirmada pelo grande público e os muitos negócios concretizados. Pela terceira edição consecutiva, o Brasil esteve representado não só pelo número expressivo de visitantes, mas com maior força nos estandes de produtos que podem agradar ao mercado europeu.

Com 208 mil visitantes no total, incluindo 32 mil espectadores nas sete noites de shows, a Equitana novamente ressaltou sua posição de maior feira equestre do mundo. “Foi um pouso de precisão absoluta com o qual reproduzimos o excelente resultado da edição de 2015, quase até o último ponto decimal”, confirmou Hans-Joachi Erbel, diretor geral da organização Reed Exhibitions, realizadora da feira.

Com 750 expositores de 30 nações, os 15 pavilhões de exposição da Equitana foram completamente vendidos e o Brasil esteve presente com estandes de três empresas que mostraram animais e produtos, além de um número ainda maior de visitantes nos nove dias de evento.

Para Patrícia Opik, a representante da Equitana no Brasil e que esteve na Alemanha durante todos os dias da feira, o trabalho foi de superação e grande sucesso. “Mesmo com a crise econômica em nosso país, conseguimos levar brasileiros para expor, além dos muitos visitantes, representantes de várias raças e segmentos do cavalo. Isto é maravilhoso porque, mais uma vez mostramos o nosso mundo equestre para o mundo, estando entre os maiores mercados mundiais.”

Agro Maripá montou um espaçoso estande onde, com suporte de tecnologia, proporcionava aos seus visitantes um tour virtual em seu criatório brasileiro. Levou também dois cavalos da raça Mangalarga Marchador, Patek e Fandango do Maripá, que já estavam na Europa e fizeram apresentações inéditas, atraindo grande público nas pistas da feira. “Ficamos muito impressionados com a feira, por seus visitantes estarem tão interessados nos cavalos brasileiros. Tivemos muitas visitas de pessoas que estavam prontas para comprar cavalos e estaremos de volta novamente em 2019”, disse o criador Marcelo Baptista.

Estreando na feira, as empresas Empório Caron e Alice Knop Jóias também mostraram produtos que atraíram a atenção do público apaixonado por cavalos. Com grande movimentação no estande, todos os dias de feira, as gaúchas proprietárias das empresas trabalharam muito e aprenderam o suficiente para os desafios daquele mercado.

Através de pesquisa realizada entre os visitantes da Equitana, a feira confirma que um em cada dois visitantes vão à feira com planos concretos de compras e investimento. Cerca de 10% de mais de 35 mil visitantes fizeram investimentos de 50 mil euros ou mais. A tendência de bons prospectos econômicos é confirmada nos negócios conduzidos na Equitana. Foi constatado que 46% dos entrevistados esperam um aumento do mercado enquanto um terço da previsão de negócios se mantém inalterada.

Os negócios internacionais também foram importantes

“Nós estamos vendo mais e mais pedidos do exterior e tivemos discussões com clientes do Brasil, Oman, Israel, Suécia, Bulgária e, é claro, da Europa Ocidental. Estamos realmente satisfeitos com o resultado”, ressaltou Rudiger Deckert, diretor geral da Rower & Rub GmbH. O fornecedor de sistemas equestres da Thedinghausen gerou aproximadamente 65% de vendas em exportação e um quarto dos visitantes da feira são do exterior, sendo 8% deles de fora da Europa.

“Com relação ao público, com a ampla divulgação que fazemos aqui mais uma vez, conseguimos superar a participação brasileira entre os visitantes. Recebemos grupos do cavalo Crioulo, do Campolina, Mangalarga Marchador, uma ampla delegação do Mangalarga, além de vários proprietários de Ranchos e Haras, veterinários que foram de forma independente acompanhar de perto os lançamentos da feira. Desde já agradeço a todos por acreditar em nosso trabalho e fazer questão de prestigiar esta maravilhosa feira”, ressaltou a representante Patrícia Opik. A participação brasileira deste ano proporcionou muitos elogios à representante e diretores da feira quiseram saber mais sobre a maneira como é o trabalho deste lado do Oceano, pois, independente da distância, o Brasil sempre marca presença em grande número. "Isto é o reconhecimento do nosso trabalho no Brasil, que está sendo notado e pode mostrar sua importância no mundo equestre”, comemorou Patrícia, que já anunciou a próxima Equitana na Alemanha: 9 a 17 de março de 2019.

Equitana USA

Antes da edição da feira na Alemanha, os Estados Unidos será sede da primeira Equitana USA, entre os dias 04 a 07 de outubro de 2018, em Atlanta, Georgia. Trabalhando com uma série de eventos para divulgação da exposição na América, seus realizadores estiveram em Essen para fazer o lançamento oficial e fecharam contrato com Patrícia Opik para ser também a sua representante exclusiva no Brasil.

“Será mais um desafio, mas como já temos um amplo mercado do cavalo nos Estados Unidos, além da proximidade, acredito que também será um sucesso. Já tenho empresas fazendo cotações, desde que souberam do seu lançamento”, completou Patrícia. Quem se interessar por mais informações, pode obtê-las diretamente com Patrícia Opik, através do telefone (11) 99624-3377 ou por email: contatoequitanabrasil@gmail.com

fonte: Assessoria de Imprensa (Susi Freitas)

#Equitana #EquitanaUSA #AgroMaripá #AliceKnop #EmpórioCaron #PatriciaOpik

0 visualização
  • Facebook Trote&Galope
  • Instagram Trote&Galope
  • Youtube Trote&Galope

© 2014 por TROTE & GALOPE e HELENO CLEMENTE PHOTOEQUESTRE

Todos os direitos reservados. Proibido reproduzir textos ou fotos sem autorização do autor. All rights reserved.