Buscar

Com vistas aos Jogos Equestres Mundiais 2018, Internacional de Adestramento vai agitar a Sociedade H


Sociedade Hípica Paulista, principal polo da modalidade no país, recebe Internacional e Nacional de Adestramento, entre 5 e 8/07. A série Internacional tem disputas válidas como qualificativas técnicas para os Jogos Equestres Mundiais 2018 e Jogos Pan-americanos 2019.

Entre 5 e 8 de julho, a Sociedade Hípica Paulista (SP) será palco do Concurso Internacional e Nacional de Adestramento, cujo Grand Prix da série Internacional valerá como qualificativa técnica para os Jogos Equestres Mundiais 2018. O evento - que promete atrair amadores, jovens talentos e elite da modalidade - acontece a cada quatro anos, é considerado a festa maior do hipismo mundial, e chega à sua 8ª edição em Tryon, na Carolina do Norte (EUA), entre 11 e 23 de setembro.

O evento terá júri com quatro juízes de nível 4*: a brasileira Claudia Mesquita, os argentinos Sandra Smith de Oliveira Martins e Cesar Lopardo Grana, o colombiano Cesar Torrente ao lado da juíza 5* norte-americana Janet Foy. Candidatos a uma vaga no Time Brasil devem atingir índice mínimo estabelecido pela FEI – Federação Equestre Internacional - de 66% de aproveitamento. Para o conjunto (cavalo e cavaleiro) se habilitar a uma vaga no Time Brasil de Adestramento, é necessário registrar um mínimo de dois índices na nota média final e também necessariamente com juízes FEI 5*, desde que diferentes em cada Internacional.

Cinco conjuntos já têm índice para os Jogos Equestres Mundiais de Tryon: João Victor Marcari Oliva, montando Xamã dos Pinhais, soma cinco índices, todos alcançados em Internacionais na Europa; Giovana Pass/Zíngaro de Lyw somam três índices conquistados no Brasil; Leandro Aparecido Silva - montando Di Caprio - tem dois índices registrados no Brasil em 2017; João Victor Oliva, com Xiripiti TVF, tem quatro índices registrados na Europa em 2018, e Pedro Tavares de Almeida - montando Aoleo - tem um, registrado no Brasil em 2018.

Devem estar no picadeiro, disputando a Big Tour do Internacional na corrida por uma vaga no Time Brasil, Leandro Silva com Di Caprio (foto Luis Ruas), medalha de bronze por equipes no Pan 2015; o cavaleiro olímpico Pedro Tavares de Almeida, com sua nova montaria Aoleo; Mauro Pereira Jr com Banzai AMM; a dupla olímpica Giovana Pass e Zingaro de Lyw, entre outros. A medalhista pan-americana Sarah Waddell e a amazona olímpica e medalhista pan-americana, Luiza Tavares de Almeida, prometem estar entre os tops do Small Tour do Internacional, entre outros, já de olho em uma vaga nos Jogos Pan-americanos 2019.

Concorrentes da série nacional também têm oportunidade de disputar as mesmas provas do Internacional e quadro de juízes com encargos menores.

fonte: Informações para imprensa (Carola May e Rute Araujo)

#FEIWorldCupDressage #adestramentoparaequestre #InternacionaldeAdestramento #SHP #HípicaPaulista

0 visualização
  • Facebook Trote&Galope
  • Instagram Trote&Galope
  • Youtube Trote&Galope

© 2014 por TROTE & GALOPE e HELENO CLEMENTE PHOTOEQUESTRE

Todos os direitos reservados. Proibido reproduzir textos ou fotos sem autorização do autor. All rights reserved.