Buscar

Jovens talentos de oito estados disputam seletiva rumo ao Sul-americano da Juventude 2019


HIPISMO - Seletiva na Sociedade Hípica Paulista vai até domingo (14/4) e reúne a excelente safra jovem do hipismo que, em 2019, tem a difícil missão de garantir (e, por que não superar?) o espetacular resultado do Sul-americano da Juventude 2018, em que os Times Brasil dominaram todos os pódio individuais e por equipes. A entrada é franca.

Hoje (12/4), foi dada a largada na Sociedade Hípica Paulista à 3ª de quatro seletivas da 1ª fase para formação dos Times Brasil rumo ao Sul-americano da Juventude 2019, entre 16 e 22/10, no Peru. A disputa, que segue até domingo (14/4), reúne a nata jovem do hipismo brasileiro em quatro categorias: pré-mirim, 10 a 12 anos, a 1.10 metro, mirim, 12 a 14 anos, 1.20 metro, pré-junior, 1.30 metro, e junior, 1.40 metro.

Vale lembrar que, na edição do Sul-americano da Juventude 2018 (no Chile), os Times Brasil dominaram o pódio individual e por equipes com 100% de aproveitamento em todas as categorias, incluindo ainda Young Riders, 1.45 metro.

Ao todo, estão em pista na Sociedade Hípica Paulista 102 jovens talentos de oito estados: São Paulo, Rio Grande do Sul, Brasília, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Mato Grosso do Sul e Pará. A armação da 1ª fase das seletivas totalizando quatro - Sociedade Hípica Paranaense, Caxangá Golf e Country Club no Recife, ambas já realizadas, Sociedade Hípica Paulista e Sociedade Hípica de Brasília, que acontece entre 16 e 19/5 - está por conta da course-designer internacional e ex-amazona olímpica Lucia Faria Alegria de Simões.

Lys Kang com Macarena Tok: vencedora Junior

Para contagem da seletiva valem a primeira e a segunda prova, sendo que a última define a classificação geral. Na categoria junior, a vitória ficou com a multipremiada amazona paulista Lys Kang montando Macarena, campeã brasileira e bronze sul-americana Pré-junior 2018. A dupla garantiu a vitória na prova de caça (cada falta é convertida em 4 segundos), em 67s60.

Em 2º lugar chegou o top paulista Pedro Malucelli Egoroff montando Umeunig Z, que cruzou a linha de chegada em 70s24 (já computando 4 segundos devido a 1 falta). A amazona da casa Carolina Chade, com Flying High das Umburanas, garantiu o 3º posto, em 70s74.

Augusto Perfeito com Busch van het Prinsenveld: vencedor Pré-junior

Na categoria pré-junior, também disputada como caça (cada falta 4 segundos), a vitória ficou com o top gaúcho Augusto Bonotto Perfeito montando Busch van het Prinsenveld, que fez apresentação perfeita em 56s09. Na 2ª colocação aparece o sempre competitivo pernambucano João Felipe de Albuquerque Maranhão Gomes com CS Xairel, 58s30, seguido pelo gaúcho radicado em São Paulo Antonio Johannpeter Cirne Lima montando SL Ordeiro, 58s65.

Camila Junqueira com Impressive: vencedora Mirim

Na categoria mirim, disputada ao cronômetro, treze conjuntos zeraram e quem levou a melhor foi a amazona do interior paulista Camila Junqueira Ribeiro de Mendonça, campeã sul-americana pré-mirim por equipes em 2018, montando Impressiv JMen, na ótima marca de 67s74. Em 2º lugar chegou Maria Fernanda Vitor com Cassiana, seguida por Vivian Kang com Luna Pulmann, respectivamente, em 70s24 e 70s31, ambas por São Paulo.

Teodora Parreira com Cantrisa Joter: vencedora Pré-mirim

Na categoria pré-mirim, também ao cronômetro, 11 jovens talentos zeraram e a vitória ficou com a amazona paulista Teodora Ribeiro Parreira apresentando Cantrisa Joter na ótima marca de 63s84. O cavaleiro mineiro Henrique Dias Renno Silva, com Oracle, garantiu o 2º posto e amazona de Brasília, Giullia Atrasas Bolson com SL Bali III, respectivamente, em 66s58 e 69s36.

Regras do jogo

Neste sábado (13/4), os jovens talentos disputam dois percursos idênticos (final por equipes), disputa válida como prova da seletiva e, no domingo (14), será definido o pódio individual que não computa pontos no processo seletivo.

"Nas seletivas, a gente não visa somente selecionar e observar, mas principalmente preparar os jovens talentos. O grau de dificuldade vai aumentando gradativamente, visando ao Campeonato Brasileiro que, por sua vez, prepara para o Sul-Americano", destaca o renomado treinador e ex-cavaleiro olímpico Caio Sérgio de Carvalho, coordenador das categorias de base da CBH.

Na primeira fase das seletivas, os jovens talentos devem participar em no mínimo duas das quatro etapas e, obrigatoriamente, no Campeonato Brasileiro que acontece entre 11 e 14/7, no Clube Hípico de Santo Amaro (SP). Lembrando que, na categoria Young Riders (16 a 21 anos), a 1.45 metro, o Campeonato Brasileiro, entre 25 e 28/7, na Sociedade Hípica Brasileira (RJ) define a escalação das equipes.

Agenda Seletivas

CSN I Etapa Summer Tour – Curitiba – Paraná: 14 a 17/3 CSN I Etapa Circuito Norte Nordeste – Caxangá Golf e Country Club – Pernambuco: 22 a 24/3 CSN Seletiva SP – Sociedade Hípica Paulista – SP: 11 a 14/4 CSN XIV Copa JK – Sociedade Hípica de Brasília – DF: 16 a 19/5 CBS Pré Mirim, Mirim, Pré-Junior, Junior – Clube Hípico de Santo Amaro – SP: 11 a 14/7 CBS Young Rider – Sociedade Hípica Brasileira - RJ - 25 a 28/7

fonte: Imprensa CBH (Carola May / Rute Araújo - fotos Luis Ruas)

#SHP #hipismo #SociedadeHípicaPaulistaTrainingExperience

0 visualização
  • Facebook Trote&Galope
  • Instagram Trote&Galope
  • Youtube Trote&Galope

© 2014 por TROTE & GALOPE e HELENO CLEMENTE PHOTOEQUESTRE

Todos os direitos reservados. Proibido reproduzir textos ou fotos sem autorização do autor. All rights reserved.