• Facebook Trote&Galope
  • Instagram Trote&Galope
  • Youtube Trote&Galope

© 2014 por TROTE & GALOPE e HELENO CLEMENTE PHOTOEQUESTRE

Todos os direitos reservados. Proibido reproduzir textos ou fotos sem autorização do autor. All rights reserved.

Buscar

Em busca de mais uma medalha no Pan


João Victor Marcari Oliva, cavaleiro que integra o Time Brasil de Hipismo Adestramento, estreia neste domingo (28/7) nos Jogos de Lima. Em seu segundo Pan, o atleta paulista de 23 anos quer repetir o feito de Toronto 2015, quando a equipe foi bronze. Se em Lima o time conquistar qualquer medalha, já garante ao Brasil vaga nas Olimpíadas de Tóquio 2020. Torcida não falta. A mãe, a ex-jogadora Hortência Marcari, vai torcer do Brasil, de onde estará comentando o basquete no canal Sportv. Em Lima, além do pai coruja e maior incentivador (o empresário Victor Oliva), João Victor conta com uma torcedora especial, Bárbara Laffranchi, ex-técnica da seleção brasileira de ginástica rítmica e dona do Biso das Lezírias, cavalo que João Victor vai montar. Incentivado pelo pai a praticar hipismo desde criança, João Victor optou pelo Adestramento, internacionalmente conhecido como Dressage, e a mais clássica das modalidades hípicas olímpicas. Da mãe, herdou a disciplina de atleta. João Victor começou a competir aos 12 anos. Aos 18 foi morar na Alemanha, país que é a maior referência no hipismo. Hoje, o cavaleiro que é atleta militar desde 2015, coleciona vários feitos como o bronze por equipe no Pan de Toronto 2015, ouro individual e por equipe no Campeonato Sul-americano de 2014 no Chile, participação nas Olimpíadas do Rio 2016, nos Jogos Equestres Mundiais da Normandia/França em 2014 e de Tryon/EUA em 2018, na Final da Taça do Mundo de Dressage de 2017 em Omaha/EUA, além de pódios em concursos internacionais do circuito europeu. Antes de fincar moradia na Alemanha, João Victor já havia conquistado o pentacampeonato no Brasileiro de Adestramento. Pelos feitos, venceu nos últimos cinco anos (2014 a 2018) o Prêmio Brasil Olímpico, o “Oscar” dos esportes promovido pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB). A estreia de João Victor no Pan de Lima acontece no domingo (28/7), na prova Prix St. George, com resultado válido para a qualificação individual e por equipe. Na segunda-feira (29/7), o cavaleiro volta à pista para a prova Intermediária I; a soma dos resultados do time nos dois dias define a classificação do Brasil. Os três melhores conjuntos (cavaleiro/cavalo) garantem vaga na final individual que acontece na quarta-feira (31/7) com o resultado do Freestyle - prova com coreografia livre e música. No Pan de Lima,integram o Time Brasil de Adestramento os seguintes conjuntos: João Victor Marcari Oliva/Biso das Lezírias, João Paulo dos Santos/Cathargo Comando SN e Mauro Pereira da Silva Junior/Don Enrico AM (Small Tour), Leandro Aparecido da Silva/Dicapiro e Pedro Tavares de Almeida/Aoleo (Big Tour).

Cavaleiro olímpico, medalhista pan e sul-americano, João Victor Marcari Oliva monta Biso das Lezírias, cavalo cedido ao atleta por Bárbara Laffranchi, ex-técnica da seleção brasileira de ginástica rítmica (foto Jane Monteiro/CBH) fonte: Informações para Imprensa (Rute Araújo)

#JoãoVitorMarcariOliva #BisodasLezírias #temporadaportuguesadeadestramento #TimeBrasilAdestramento

1 visualização