top of page
Buscar

Cavalo Lusitano promove Festival em Valinhos

Evento aberto ao público acontece dias 2 e 3/12 no Haras La Estância, em Valinhos, interior paulista, com atrações como competições da modalidade olímpica Adestramento, concurso de morfologia, leilão e apresentações especiais de arte equestre.


Adestramento: modalidade hípica olímpica que no Brasil tem predomínio de participação do cavalo Lusitano. Na Copa ABPSL, nesta sexta-feira, 2/12, entre os cavaleiros em pista vai estar Murilo Augusto Machado montando Jorge V.O, conjunto que integrou a equipe medalha de ouro nos Jogos Sul-americanos de 2022, em Assunção, Paraguai (Foto: Carola May / Divulgação)
Adestramento: modalidade hípica olímpica que no Brasil tem predomínio do cavalo Lusitano. Na Copa ABPSL, nesta sexta-feira (2/12), entre os cavaleiros em pista estará Murilo Augusto Machado montando Jorge V.O, conjunto que integrou a equipe medalha de ouro nos Jogos Sul-americanos de 2022, em Assunção, Paraguai (Foto: Carola May)

O ano de 2022 vai ser inesquecível para o cavalo Puro Sangue Lusitano e, em especial, para os criadores da raça no Brasil. É no clima das conquistas registradas ao longo da temporada mundo afora que a Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Puro Sangue Lusitano (ABPSL) promove o último compromisso oficial da temporada, o Festival do Cavalo Lusitano que este ano estreia em palco inédito, o Haras La Estância, em Valinhos, região metropolitana de Campinas, interior paulista.


Como já se tornou tradição durante o Festival, todo ano a ABPSL presta homenagem a algum personagem que faz parte da história da raça no país. Este ano, o homenageado será Jayme Monjardim Matarazzo, cineasta e diretor de novelas conhecido internacionalmente, que se apaixonou pelo cavalo Lusitano nos anos 1990, tornou-se criador e é o idealizador do ferro “Filhos do Vento”.


As atrações

A Copa ABPSL de Adestramento abre a programação na sexta-feira (2/12), a partir das 9h. No Brasil, o cavalo Lusitano é protagonista da modalidade, respondendo pelo fomento, desenvolvimento e conquistas internacionais do país, como nos Jogos Sul-americanos, em Assunção, Paraguai, em outubro, quando o Time Brasil, com 100% da equipe montando cavalos Lusitanos - 3 dos 4 animais de criação nacional - conquistou pela terceira edição consecutiva as medalhas de ouro por equipe e individual, além das medalhas de prata e bronze individual.


Os “meninos dourados” estarão em pista na Copa ABPSL de Adestramento, aberta a todas as raças com atletas amadores e profissionais disputando em diferentes séries e categorias, que vão da base às de mais alto rendimento. O júri será formado por Cláudia Mesquita, juíza 4* da Federação Equestre Internacional, Rosalind Flosi Vasconcelos Macedo, diretora de Adestramento da Federação Paulista de Hipismo (FPH) e pelo Cel. Márcio Navarro de Camargo (FEI2*), diretor da modalidade na ABPSL.


O Concurso de Modelo e Andamentos acontece ao longo do sábado, 3/12, quando os cavalos Lusitanos separados por idade e sexo são avaliados morfologicamente e concorrem a títulos na categoria e de grandes campeões. Na foto, Quebella do Vouga, Grande Campeã Fêmea da Expo Internacional da raça em 2021 (Foto: Ney Messi / Divulgação ABPSL)
O Concurso de Modelo e Andamentos acontece ao longo do sábado (3/12): cavalos Lusitanos, separados por idade e sexo, são avaliados morfologicamente e concorrem a títulos na categoria e de grandes campeões. Na foto, Quebella do Vouga, Grande Campeã Fêmea da Expo Internacional da raça em 2021 (foto Ney Messi / Divulgação ABPSL)

Na sequência da Copa ABPSL de Adestramento, acontece a “Aprovação de Garanhões”, última oportunidade no ano para a nova geração de machos serem avaliados para a reprodução pelos juízes Neimar Roncati, Oprheu Ávila Jr e Raul Maura Silva.


O Leilão Oficial ABPSL, a partir das 19h, fecha a programação do dia. O pregão tem organização da Perphil Leilões e Virtual Stables, martelo conduzido por Marcelo Pardini e transmissão pelos canais da ABPSL – Youtube e Facebook – e da leiloeira. Os animais inscritos foram avaliados previamente e representam diferentes linhagens e gerações, de potros a reprodutores e matrizes, além de animais montados. O pagamento é facilitado em 24 parcelas (2 + 2 + 20).


Genética de excelência nas pistas

No sábado (3/12), a atração principal é o Concurso de Modelo e Andamentos, quando os animais separados por gênero e idade serão avaliados morfologicamente pelo juiz internacional Nuno Santos Pereira, de Portugal.


Com tempo determinado em pista, os animais apresentados à mão das 1ª e 2ª categorias (1 e 2 anos hípicos), machos e fêmeas, terão 2’30”. Já os da 3ª categoria (machos e fêmeas), 4ª categoria (fêmeas geração “P”), 5ª (fêmeas adultas) e os animais montados, machos da 4ª categoria (letra “P”) e 5ª (Adultos) e as fêmeas da 6ª categoria (Adultas), terão três minutos para mostrar seus atributos morfológicos.


Os campeões de cada categoria de idade, desde que recebam medalha de ouro, poderão participar dos grandes campeonatos. Ainda separados por gênero, serão eleitos os grandes campeões jovem (onde concorrem animais puxados à mão, da 1ª a 3ª categoria) e adulto (acima da 4ª categoria). Depois, os grandes campeões jovens disputam com os grandes campeões adultos as faixas de Grande Campeã Fêmea e Grande Campeão Macho. O ápice do julgamento é quando os dois grandes campeões disputam, fêmea e macho, retornando à pista para uma disputa entre si pela faixa mais cobiçada do Festival, a de Campeão dos Campeões.


Ao longo da programação, nos dois dias, acontecem apresentações especiais de arte equestre.


O Haras La Estância está localizado no Km 119,5 da Rodovia D. Pedro I em Valinhos, região metropolitana de Campinas, interior paulista.



fonte: Informações para imprensa (Rute Araújo)

2 visualizações0 comentário
bottom of page