Buscar

Doda Miranda com Princess de Revel fatura o GP Jayme Loureiro Filho no Internacional Indoor SHP 2022

Doda, campeão em 1998, entrou no Hall do bicampeões do mais cobiçado GP do hipismo brasileiro. José Reynoso com Azrael W, dupla tricampeão 2017/2018/2019, garantiu o vice perante casa cheia na Hípica Paulista. O evento contou com 510 cavalos e 404 atletas e mais de 8 mil visitantes.


Doda Miranda com Princess de Revel: campeão do GP Indoor 2022 (Luis Ruas)
Doda Miranda com Princess de Revel: campeão do GP Indoor 2022 (Luis Ruas)

Na noite do domingo (28/8), o GP Troféu Jayme Loureiro Filho - a 1.60m - fechou a 32ª edição do CSI-W Indoor 2022, mais badalado evento do hipismo brasileiro, na Sociedade Hípica Paulista. Oito dos 12 conjuntos viraram sem faltas para a 2ª volta e cinco fecharam com duplo zero. O título foi decidido por 10 centésimos de segundos entre dois olímpicos. Doda e sua Princess de Revell foram o 9º conjunto em pista registrando mais um percurso limpo, em 43s27, marca essa que permaneceu imbatível até o final.


José Reynoso e Azrael W, mais premiada dupla do Indoor, vice-campeões em 2022 (Luis Ruas)
José Reynoso e Azrael W, mais premiada dupla do Indoor, vice-campeões em 2022 (Luis Ruas)

Último em pista, José Roberto Reynoso Fernandez Filho e Azrael W levantaram o público no palco em que conquistaram o tricampeonato em 2017/2018/2019, cruzando a linha de chegada com percurso perfeito, em 43s37, apenas 10 centésimos mais lento conquistando o vice-campeonato.


Com o resultado, Doda, campeão em 1998 com J Carofna, entra no Hall do bicampeões do mais cobiçado GP do hipismo brasileiro. "Foi uma vitória muito importante, especialmente por me sentir de volta à forma em que eu estava na Europa. Tenho trabalhado e me dedicado demais, muito concentrado. Meus cavalos são maravilhosos e tenho que honrar cada cavalo. Agradeço muito a minha equipe, minha esposa, meus pais, filhos e parabenizo a Hípica Paulista mais uma vez por esse evento maravilhoso", destacou Doda, bronze por equipes nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996 e Sydney 2020.


"Vencer o Indoor significa muito: é o prêmio que os cavaleiros mais querem todo ano, uma meta muito importante como se fosse o Concurso de Aachen, na Alemanha. O nível no Brasil está muito bom. Hoje em dia, uma vitória aqui não é como antigamente que bastava estar um pouco melhor, agora é preciso estar realmente muito bem preparado", acrescentou Doda, que esteve radicado na Europa por mais de 20 anos e voltou a morar no Brasil há seis anos.


Os olímpicos Doda Miranda e José Reynoso liderando o galope da vitória (Felippe Saad)
Os olímpicos Doda Miranda e José Reynoso liderando o galope da vitória (Felippe Saad)

José Reynoso, é claro, também estava satisfeito. "O Azrael esteve muito bem e perdemos por uma diferença mínima. Parabenizo o Doda por esse grande resultado", destacou o cavaleiro, integrante do Time Brasil nos Jogos Sul-americanos 2022 e único tetracampeão no concurso 2010 com Gina JMen e 2017/2018/2019 com Azrael W.


Os olímpicos Doda Miranda e José Reynoso liderando o galope da vitória (Felippe Saad)
Os olímpicos Doda Miranda e José Reynoso liderando o galope da vitória (Felippe Saad)

Também, com atuação perfeita, duplo zero, em 44s90, Ivo Roza Filho com Legendary JMen, dupla em franca ascensão, arrematou 3º posto. A 4ª colocação coube a Guilherme Foroni com Casella Blanca JMen, atual vice-campeão brasileiro senior top e integrante do Time Brasil a caminho do Odesur, duplo zero, 47s23. Na 5ª colocação aparece Arthemus de Almeida, campeão do GP Indoor 2014, que montando Dubruc JMen, duplo zero, em 47s23, seguido por Pedro Paulo Cordeiro com Jumanje do Cache, que fechou com apenas 1 ponto perdido na 2ª volta, 51s52.


A disputa que distribuiu 200 mil reais em premiação foi válida pela 7ª Etapa do ranking brasileiro Senior Top, seletiva da liga sul-americana para a final da Copa do Mundo 2023 em Omaha (EUA), valendo ainda como observatória para os Jogos Pan-americanos 2023 em Santigo (Chile).


Sobre o Troféu Perpétuo Jayme Loureiro Filho

Em 2019, o GP Internacional no Indoor da Sociedade Hípica Paulista passou a ter um Troféu Perpétuo que leva o nome de Jayme Loureiro Filho, ex-presidente da SHP responsável pela construção do picadeiro coberto inaugurado em 1965. Nesse domingo, quem entregou o Troféu Transitório foi Jairo Eduardo Loureiro, filho de Jayme Loureiro Filho. José Roberto, campeão em 2010, 2017, 2018 e 2019, foi o primeiro cavaleiro a garantir a posse definitiva do Troféu Perpétuo Jayme Loureiro Filho e, no mesmo ano, levou para casa o Troféu Transitório que esse ano fica com o bicampeão Doda Miranda. Em 2021, o campeão foi Stephan Barcha, bicampeão do ranking brasileiro senior top 2020/2021, que, dessa vez, fechou em 10º e 11º lugar.


Ao todo, o Indoor nas séries Nacional e Internacional contou com 510 cavalos e 404 cavaleiros e amazonas e distribuiu quase R$ 700 mil em premiação. "Nosso concurso foi um sucesso. Agradeço a participação de todos. Agora já vamos começar a planejar a edição do Indoor 2023", destacou Fernando Sampaio Ferreira Filho, presidente da Sociedade Hípica Paulista.


Pódio do GP Indoor Troféu Jayme Loureiro Filho 2022 (Luis Ruas)
Pódio do GP Indoor Troféu Jayme Loureiro Filho 2022 (Luis Ruas)

Campeão Doda Miranda / Princess de Revel - FPH - 0/0 - 0/43s27 Vice José Roberto Reynoso Fernandez Filho / Azrael W - FPH - 0/0 - 0/43s37 3º Ivo Roza Filho / Legendary JMen - 0/0 - 0/44s90 4º Guilherme Foroni / Casella Blanca JMen - FPH - 0/0 - 0/47s23 5º Arthemus de Almeida / Dubruc JMen - FPH - 0/0 - 0/47s23 6º Pedro Paulo Cordeiro / Jumanje do Cach - 0/1 - 1/51s52


O 32º Indoor da SHP, organizado e promovido pela Sociedade Hípica Paulista com chancela da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) e Federação Equestre Internacional (FEI), contou com os patrocinadores: Azimut Yachts, Alper Seguros, Belfort, Bonsucex, Bulova, Porto Seguro, BTG Pactual, Cyrela, Credit Suisse, Gauss Capital, Equiboard, Equistro – Vetoquinol, Granero, Hermès, MPT Cable, Park Inn by Radisson, Porto Seguro, Stuttgart Porsche, 3 Corações, Império Egípcio, Three Desenvolvimento Imobiliário e TM Insurance.




fonte: Imprensa CBH e Assessoria SHP (Carola May / Rute Araújo)

1 visualização0 comentário