Buscar
  • Rute Araújo

João Victor Marcari Oliva vence o Prêmio Brasil Olímpico no Hipismo Adestramento

É a sexta vez que o cavaleiro paulista conquista o “Oscar” dos esportes na modalidade.


João Victor Marcari Oliva montando Escorial Horsecampline: a dupla foi formada em novembro de 2020 e vem registrando os melhores resultados do Brasil no Hipismo Adestramento (Foto: Luis Ruas)
João Victor Marcari Oliva montando Escorial Horsecampline: a dupla foi formada em novembro de 2020 e vem registrando os melhores resultados do Brasil no Hipismo Adestramento (foto Luis Ruas)

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) divulgou nesta quinta-feira (11/11), os vencedores do mais cobiçado troféu anual concedido pela entidade aos melhores atletas da temporada. A cerimônia de premiação acontece no dia 7/12 no Teatro Tobias Barretos, em Aracaju, Sergipe.


Em um crescente de bons resultados no circuito europeu, depois de registrar a maior nota do Brasil em Olimpíadas, nos Jogos de Tóquio, João Victor Marcari Oliva se consolida como o principal representante brasileiro no Hipismo Adestramento. O primeiro Prêmio Brasil Olímpico foi conquistado em 2014. O filho da ex-jogadora Hortência Marcari voltou a vencer em 2015, 2016, 2017 e 2018, além de ter sido indicado em 2019, 2013 e 2012.


João Victor Oliva divide o palco do PBO 2021 com outros dois parceiros nos Jogos de Tóquio: Marlon Modolo Zanotelli, vencedor no Salto, repetindo o feito de 2019, e Carlos Eduardo Parro no Concurso Completo de Equitação (CCE), vencedor em 2019 e 2016.


Sobre João Victor Marcari Oliva

O paulistano João Victor Marcari Oliva, 25 anos, começou a montar por lazer no haras dos pais, a ex-jogadora Hortência Marcari e o empresário Victor Oliva, em Araçoiaba da Serra (SP). Aos 12 anos, fez sua estreia nas pistas e nos pódios. Com 17 anos se transferiu para a Europa, morando na Alemanha – “meca” mundial do esporte – até 2019 na Alemanha e depois se transferindo para Portugal.


João Victor vem registrando seguidos recordes de notas, incluindo nos Jogos de Tóquio, quando foi o melhor resultado do Brasil em Olimpíadas (70,419% de nota e 26º entre 59 competidores na classificação geral). Sua estreia olímpica foi nos Jogos do Rio 2016, também registrando o melhor resultado do Brasil. Em Pan-americanos foi bronze por equipe nos Jogos de Lima 2019 e Toronto 2015. Na soma de importantes conquistas estão também: o melhor brasileiro em uma Final da Taça do Mundo de Dressage, em 2017, em Omaha, Estados Unidos; campeão Sul-Americano individual e por equipe no Chile em 2014; melhor atleta da equipe brasileira nos Jogos Equestres Mundiais da Normandia, na França, em 2014, e de Tryon, em 2018, nos Estados Unidos. João Victor Oliva é também pentacampeão brasileiro. No momento, ocupa o 89º lugar no ranking mundial, o melhor resultado já conquistado pelo Brasil no Adestramento.


fonte: Assessoria de Imprensa

23 visualizações0 comentário