Buscar
  • Carola May

William Fox-Pitt assume cargo de treinador do Time Brasil de Concurso Completo

Cavaleiro ímpar, medalhista olímpico Fox-Pitt - um recordista de vitórias em Internacionais - CCI5* (nível máximo) tem 14 títulos. Seu principal objetivo nesse primeiro momento é a formação do Time Brasil no Mundial 2022 na Itália.


William Fox Pitt, ícone mundial, vai treinar o Time Brasil de Concurso Completo (FEI / Herning)
William Fox Pitt, ícone mundial, vai treinar o Time Brasil de Concurso Completo (FEI / Herning)

O britânico William Fox-Pitt, ícone do Concurso Completo de Equitação mundial, assumiu o cargo de técnico do Time Brasil no ciclo olímpico até Paris 2024; o contrato foi oficializado nessa sexta-feira (27/5). Seu vasto currículo inclui três medalhas olímpicas por equipes, prata em Atenas 2003 e Londres 2012, e bronze em Hongkong 2008, sede do hipismo nas Olimpíadas de Pequim. Em Jogos Equestres Mundiais, o cavaleiro detém ouro por equipes e prata em Lexington (EUA) 2010, e prata por equipes e bronze individual na Normandia (França) 2014.


Cavaleiro ímpar, Fox-Pitt é recordista de vitórias em Internacionais - CCI5* (nível máximo) com nada menos que 14 títulos. Em 2011, o britânico e agora treinador da equipe brasileira foi o primeiro cavaleiro a vencer cinco diferentes concursos 5*. É hexacampão do Burghley Horse Trials 1994, 2002, 2005, 2007, 2008 e 2011 na Grã-Bretanha, considerado o mais famoso e maior evento da modalidade, tricampeão Rolex Kentucky nos EUA 2010, 2012, 2014, bicampeão Stars of Pau, França 2011 /2013, bicampeão Badminton Horse Trials 2004, 2015 e campeão do Luhmühlen Horse Trials, Alemanha 2008. Nem mesmo uma séria queda, em 2015, tirou o britânico do jogo; o cavaleiro voltou a integrar a equipe britânica na Rio 2016.


Fox-Pitt estará à frente do time de cavaleiros em atividade na Europa, nesse primeiro momento visando à preparação e formação da equipe para o Mundial 2022, que tem lugar em Pratoni del Vivaro, na Itália, entre 14 e 19/9. Também, é claro, os Jogos Pan-americanos 2023 no Chile, em que as equipes medalhistas garantem vaga do país nos Jogos Olímpicos de Paris 2024.


Para os cavaleiros em atividade no Brasil, o CBH contratou o técnico Guto Faria, cavaleiro olímpico, que está acompanhando os atletas nas principais competições. O grande objetivo, por sua vez, é a formação da equipe nos Jogos Sul-americanos Odesur 2022, que na modalidade Concurso Completo acontecem na Argentina, entre 4 e 6/11. As equipes medalhistas nos Jogos Sul-americanos, qualificam o país para o Pan 2023. Fox-Pitt e Guto Faria desde já trocarão informações, sempre com auxílio de João Aragão, diretor de Concurso Completo e cavaleiro de destaque internacional na modalidade Salto.


Sobre o Concurso Completo

O Concurso Completo de Equitação (CCE) é uma modalidade olímpica, também conhecida como o “triatlo equestre". A competição é dividida em três provas – Adestramento, Cross-country e Salto - que são realizadas em dias consecutivos. O esporte é uma importante mostra da capacidade do conjunto competir em três disciplinas distintas entre si, em um curto espaço de tempo, o que exige alto preparo técnico e físico.


O Adestramento é a primeira prova a ser cumprida. O conjunto precisa efetuar determinados movimentos (figuras) de diferentes graus de dificuldade mostrando entrosamento e equilíbrio. No segundo dia, acontece o Cross-country, em que o conjunto percorre um percurso externo, com obstáculos inspirados no campo, mas sempre com um alto grau de dificuldade. Finalmente, a terceira e última prova é o Salto.


fonte: Imprensa CBH (Carola May)

1 visualização0 comentário